Apologética – Notícias – Mundo Cristão – Sociedade

Arquivo para março, 2009

Igreja: Por que Me Importar?

Teologia da Gloria

Fico me perguntando o sentido das palavras de Jesus ao dizer: “Edificarei a minha igreja e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” – Mateus 16:18. Me pergunto não por desconhecer o sentido, mas por ver que a igreja tem, com o passar dos anos, deixado de conhecer esse sentido. Jesus quis dizer que a igreja deve avançar sobre o inferno, não o literal, mas no sentido de resgatar os perdidos para o seu Reino de Luz.

Nessa investida, o inferno não prevalecerá contra a igreja, as suas portas não resistirão aos golpes poderosos da pregação da Palavra.

Mas será que a igreja realmente está investindo contra o inferno, ou está na verdade sucumbindo aos ardis de Satanás, engodada pelas suas astutas ciladas, e aos poucos deixando que haja mais joio do que trigo dentro dela?

Uma frase atribuída a Jerônino – um dos pais da igreja, diz que “a igreja é como a Arca de Nóe e não fosse pela tempestade do lado de fora, ninguém suportaria o mau cheiro dentro dela”. Isso ele dizia da igreja da Idade Média, cuja história nos aponta para a época denominada de Trevas da Idade Média, onde o clero corrompido vendia salvação através de indulgências e havia a prática da simonia, prostituição e outras coisas hediondas. Não que os dias atuais sejam amenos.

Infelizmente ficamos entre duas posições, visto que não há meio termo. Ou nos colocamos contra o erro ou nos tornamos coniventes (conveniamos) a ele. As conseqüências? Coloque-se contra o erro e seja um profeta Jeremias, com direito a estadia na cisterna enlameada. Seja conivente com o erro e ganhe uma passagem de ida para o lago de fogo e enxofre. Não há meio termo nessa situação, não há lugar para estar em cima do muro.

Pergunto. Igreja – Por que me importar?

E respondo. Porque Deus um dia nos chamou das trevas para sua maravilhosa luz, para o reino de seu amor, tirou-nos dum charco de lama, firmou nossos pés sobre a rocha e nos deu um cântico novo. E nos enviou para que déssemos fruto, em abundância e que fôssemos sal e luz, neste mundo tenebroso.

Jesus já nos advertiu, antes mesmo de fundar a igreja: (Mateus 12:41-42)

Os ninivitas se levantarão no juízo com esta geração, e a condenarão; porque se arrependeram com a pregação de Jonas. E eis aqui quem é maior do que Jonas. A rainha do sul se levantará no juízo com esta geração, e a condenará; porque veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão. E eis aqui quem é maior do que Salomão.

Eis o que nos diz o escritor aos Hebreus: (Hebreus 12:22-25)

Mas vocês chegaram ao Monte Sião, à Jerusalém celestial, à cidade do Deus vivo. Chegaram aos

milhares de milhares de anjos em alegre reunião, à igreja dos primogênitos, cujos nomes estão escritos nos céus. Vocês chegaram a Deus, juiz de todos os homens, aos espíritos dos justos aperfeiçoados, a Jesus, mediador de uma nova aliança, e ao sangue aspergido, que fala melhor do que o sangue de Abel. Fiquem atentos para não rejeitarem aquele que fala. Se os que se recusaram a ouvir aquele que os advertia na terra não escaparam, quanto mais nós, se nos desviarmos daquele que nos adverte dos céus?

Você realmente se importa com a Igreja?

Será?

Soli Deo Glória

Anúncios