Apologética – Notícias – Mundo Cristão – Sociedade

Arquivo para a categoria ‘Curiosidades’

Quando Animais São Exemplos de Pais

*** Atenção! Alguns visitantes estão fazendo comentários sobre a foto abaixo, o quanto o animal é bonito, fofinho. Porém o tema deste post é sobre o vídeo que mostra que alguns animais são mais “pais” que o próprio ser humano. Assistam o vídeo  e comentem sobre ele. ***

animais02

Achei no blog do Ev. Deladier Lima, um vídeo muito interessante.

Este vídeo mostra o carinho entre pais “animais” e que falta – e muito – aos pais humanos.

Veja o vídeo AQUI.

Trumbicando na Comunicação

Postado originalmente em comfesembobagem.blogspot.com

chacrinha

Chacrinha (O Velho Guerreiro) sempre dizia que “quem não se comunica se trumbica“.

Abaixo podemos ver exemplos de pessoas que se trumbicam mesmo quando “tentam” comunicar algo.

“Jesus não veio “perdoar” os pecados, apenas dar uma “olhada” neles, pois está escrito que Ele veio “espiar” os pecados!”

“A gente “fomos” criados por Deus!”

Seria cômico se não fosse trágico, mas essas frases foram proferidas por Pastores, em pleno uso da dialética (se é que assim podemos chamar) no Púlpito.

Alguns dizem que Camões se remexe no túmulo cada vez que um atentado deste à lingua portuguesa é desferido.

Outros defendem esse linguajar dizendo que as pessoas que assistem a tais pregações e cultos são pessoas simples (do povo), e que uma linguagem “simples” seria de fácil entendimento.

Agora convenhamos, será que uma pessoa analfabeta ou com menos estudo não entenderia as frases: “Nós fomos criados por Deus” ou então “Somos criaturas de Deus” ou ainda “Deus nos criou” ??.

Mesmo que devamos simplificar o discurso para alcançar as pessoas menos favorecidas no quesito “escolaridade” isso não quer dizer que o pregador tenha que usar linguagem chula ou vulgar, e que as vezes beiram o analfabetismo.

Em matéria publicada na revista Enfoque Gospel, com o título “Porque Eles Falam Tão Errado”, são analisadas várias situações desse tipo.

Também são apresentadas algumas soluções, tais como:

– Se não pôde concluir o ensino médio, crie o hábito de ler, pois esse hábito permite ao leitor incorporar novas palavras ao seu vocabulário e também a perceber a forma correta de falar;
– Se tiver oportunidade de voltar a estudar, faça isso. Cultura nunca é demais.
– Leia e assista de tudo (jornais, revistas, telejornais, documentários, etc), com certeza não fará mal.

Como dizia um amigo: “Ingrêis nóis sabe, o que nóis qué é portuguêis!!

Soli Deo Glória.