Apologética – Notícias – Mundo Cristão – Sociedade

Arquivo para a categoria ‘Sociedade’

A FALÁCIA DO ARGUMENTO DA INTOLERÂNCIA

intolerancia

TEXTO PUBLICADO ORIGINALMENTE NO BLOG DO PASTOR ALTAIR GERMANO

Você sabe o que significa INTOLERÂNCIA? É com esse termo que constantemente, o movimento pró-homossexualismo vem atacando a Igreja Cristã.

Moreland e Craig (Filosofia e Cosmovisão Cristã, Vida Nova, 2005, p. 509 e 510), formularam um conceito bastante elucidativo sobre o princípio da tolerância.

Segundo eles, há um sentido clássico do princípio de tolerância:

“onde uma pessoa declara que seu conceito moral é verdadeiro e o de seus oponentes falso. Ainda assim, essa pessoa respeita os oponentes como pessoas e seus direitos de defender seus pontos de vista. Desse modo, a pessoa tem a tarefa de tolerar um conceito moral diferente, não no sentido de achar que seja moralmente correto, mas ao contrário, no sentido de continuar a valorizar e respeitar seu oponente, tratá-lo com dignidade, reconhecer seu direito de argumentar e de propagar suas idéias.”

É exatamente este o posicionamento da Igreja Cristã. Respeitamos e valorizamos a pessoa do homossexual. Não estamos questionando os seus direitos de argumentar e propagar suas idéias. Simplesmente não aceitamos suas idéias, pois as mesmas não podem ser concebidas como verdade e princípio moral à luz da Bíblia Sagrada. Nenhum cristão, desde que isento do entorpecimento intelectual e moral do “relativismos” da pós-modernidade, aceitará o homossexualismo como algo natural e aprovado por Deus.

Em se tratando do sentido moderno de tolerância, Moreland e Craig nos trazem a seguinte conceituação:

“Uma pessoa não deve nem mesmo julgar os pontos de vista de outra pessoa errados.”
O movimento pró-homossexualismo se enquadra exatamente aqui. É fundamentado no sentido moderno de tolerância, sentido este nascido da mentalidade relativista pós-moderna, que acusa a igreja de intolerante. Ao adotar este posicionamento, acaba assumindo uma postura profundamente arbitrária. Deseja impor a todo custo uma “ditadura de idéias”, não admitindo nenhuma contestação ou divergência.

Não só a Bíblia Sagrada é dessa forma desrespeitada, como também, a própria Constituição da República Federativa do Brasil em seu Art. 5º. Parágrafo IV que determina:

“é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;”

O Movimento pró-homossexualismo não deseja apenas que mudemos de idéia, deseja acima de tudo calar a nossa boca, para isto, tenta se instrumentalizar do sistema legal para atingir os seus objetivos. Como? Pressionando o poder legislativo para alterar as leis em vigor.

Adeus Michelle :(

bebê jogada em rio MG

Graça e Paz

Infelizmente a pequena Michelle morreu ontém. Não resistiu a maneira com sua mãe (mãe?) lhe tratou.

Só nos resta lamentar e pedir a Deus que a recolha em seus braços.

Veja a notícia AQUI.

Soli Deo Glória

Mães e Monstros

bebê jogada em rio MG

Graça e Paz

A pergunta feita por Deus em Is 49:15

Acaso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre?

A resposta foi que “… ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti.

Deus ensina-nos aqui, que o seu amor por nós é incondicional. Ele também deixa claro que é difícil uma mãe esquecer-se de seu filho – difícil, porém não impossível.

Nos últimos dias a impressa tem nos bombardeado com as notícias da pequena Michelle (nome dado pelos funcionários do hospital onde está internada), jogada pela mãe (mãe?) no rio Arrudas e resgatada na tarde de domingo por dois jovens que saíam de uma festa no bairro Jardim Industrial, em Contagem. Os jovens pularam no rio quando ouviram uma menina chamar a mãe e dizer que havia uma boneca na água poluída do ribeirão.

Após ser identificada pela polícia, a mãe (mãe?) disse ter escondido a gravidez e também tentado abortar várias vezes.

Veja mais detalhes AQUI e nos links da página.

A lei permite nos hospitais o que se chama de “parto anônimo“, onde a mãe que não quer criar o filho ou não tem condições de fazê-lo, o deixa no hospital para ser encaminhado a adoção.

Esse episódio me faz lembrar de outro ocorrido também em Minas Gerais, onde a mãe (mãe?) jogou a filha na Lagoa da Pampulha, dentro de um saco plástico. Veja mais detalhes AQUI.

Hoje de manhã vi outro caso, agora em São Paulo, onde a mãe (mãe?) pelo menos deixou o bebê na porta do hospital, embora dentro de uma lata de lixo. Veja mais detalhes AQUI.

E muitos outros casos existem, infelizmente com a morte dos pequenos e indefesos seres.

Não posso ler notícias dessas pequenas crianças sem que lágrimas me assaltem os olhos e fico imaginando que tipo de mãe (mâe?) faria tal coisa. Como pai de 4 filhos, a primeira reação que tive após seus nascimentos foi ofertá-los ao Senhor.

Em 2Re 6:26-29 temos um relato quando do cerco a cidade de Samaria, onde duas mães (mães?) negociaram os seus filhos para matar a fome que assolava a cidade.

Passando o rei de Israel pelo muro, gritou-lhe uma mulher: Acode-me, ó rei, meu senhor! Ele lhe disse: Se o SENHOR te não acode, donde te acudirei eu? Da eira ou do lagar? Perguntou-lhe o rei: Que tens? Respondeu ela: Esta mulher me disse: Dá teu filho, para que, hoje, o comamos e, amanhã, comeremos o meu. Cozemos, pois, o meu filho e o comemos; mas, dizendo-lhe eu ao outro dia: Dá o teu filho, para que o comamos, ela o escondeu.

Meu Deus, se esse relato já nos dá calafrios na espinha, mesmo tendo ocorrido há mais de 2000 anos, quanto mais estes relatos recentes.

O que podemos dizer? onde a igreja tem falhado a ponto da sociedade ter perdido completamente a noção da moral e do amor ao próximo?

Só podemos acreditar que Deus tem algo a fazer na vidas destas crianças que tem escapado da morte.

Que Deus tenha misericórdia de nós.

Soli Deo Glória.

Olavo de Carvalho – A Lei da Mordaça Gay

DITADURA

Veja no YouTube a opinião do filósofo Olavo de Carvalho sobre a Lei da Mordaça Gay.

Soli Deo Glória

Virou Moda Agora. Mordaça Gay Não !!

moda do diabo

No blog do Pastor Altair Germano há um alerta sobre a tramitação na Assembléia Legislativa de Pernambuco de um projeto de lei que ameaça a liberdade de expressão da igreja.

Mais detalhes aqui.

Leia também artigo no JesusSite sobre a iniciativa do Prefeito Gilberto Kassab do Projeto de Lei 359/07 que chega a ser pior que o PLC 122/2006.

Para acabar com a bandidagem e demais mazelas da sociedade ninguém faz nada, mas querem a todo o custo amordaçar a igreja e a sociedade que sente-se enojada com a prática homossexual.

Modaça gay? Não obrigado !!

Soli Deo Glória

Mordaça Gay? Não Obrigado !

NaoVi_NaoOuvi_NaoFalei_NaoSenti

No programa Vitória em Cristo que foi ao ar pela Rede TV na manhã de sábado, 08, o Pastor Silas Malafaia citando a Constituição da República Federativa do Brasil em seu Art. 5º, incisos IV, VIII, e IX, declarou que não tem medo de processos, e que vai , se necessário for, até a Suprema Corte Federal.

Abaixo seguem os incisos do artigo 5º da Constituição da República Federativa do Brasil, que garantem a liberdade de expressão e culto, os quais estão sendo ameaçados pela “mordaça gay” que estão querendo colocar em todos.

Dos Direitos e Garantias Fundamentais

CAPÍTULO I

DOS DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS E COLETIVOS

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

IV – é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

VIII – ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

Afirmou que todos nós somos livres para expressarmos nossas opiniões, desde que elas não sejam ofensivas, e que criticar é diferente de ofender.

Chamou de “mordaça gay” a atual atitude e mobilização dos ativistas, que querem através da criação e aprovação de leis no Senado, na Câmara e nas Assembléias Legislativas, fazer calar qualquer cidadão brasileiro cristão ou não (evangélicos, católicos, religiosos, ateus, filósofos, cientistas, jornalistas, etc.) que pense diferente deles.

O Pastor Silas Malafaia questiona o uso inadequado do termo homofóbico para qualquer crítica e manifestação contrária as práticas e idéias do movimento homossexual, que acusa também a Bíblia de ser homofóbica. No texto “Metáfora Punitiva” do filósofo Olavo de Carvalho (publicado pelo Diário do Comércio (editorial), 23 de maio de 2007) o autor dá-nos uma definição a respeito do termo (vide link abaixo).

O Pastor Silas Malafaia afirma que a Bíblia é sim contrária a prática do homossexualismo, pois é um pecado deliberado contra Deus.

Citou para isso os textos de:

Gn 1:27 – “Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.”

Rm 1:24-28 – “Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si; pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém. Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza; semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro. E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm;”

1 Co 6:9-10 – “Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.”

Afirma que Deus não fez “bissexuais” ou “andróginos” e sim “macho” e “fêmea”, e que não há ordem cromossômica “homossexual”, ou seja, ninguém nasce homossexual. Homossexualidade é uma atitude comportamental, e sendo assim, possível de abandono.

Cita o estudo do PhD em Sociologia Charles Bin, da Universidade de Nova York, que ao analisar várias sociedades unissexuais (sem distinção de sexo) descobriu que 55 delas se auto-destruíram. O estudo afirma que “A sociedade não é mais forte que as ligações familiares”.

Cita também artigos do filósofo Olavo de Carvalho, que se posiciona contra a atitude inquisitória dos ativistas gays. Leia os artigos em:

Metáfora Punitiva (Diário do Comércio (editorial), 23 de maio de 2007)

Porcaria de Lei (Jornal do Brasil, 24 de maio de 2007)

Ódio à Realidade (Jornal do Brasil (opinião), 17 de maio de 2007)

Debate Pré-moldado (Jornal do Brasil, 29 de março de 2007)

Se tal lei for aprovada, então no Brasil de poderá discordar de política, religião e filosofia, mas não se poderá criticar a prática homossexual.

O direito de um grupo não pode exceder o direito de todos.

Oremos, e se preciso for, vamos as ruas garantir o nosso direito de livre expressão, contra o qual o movimento gay está batalhando, usando de ameaças.

Soli Deo Glória.